Prefeitura entrega uniformes para crianças da Aldeia Águas belas‏


 DSC_4500
A Prefeitura de Prado, por meio da Secretaria de Assistência Social juntamente com o CRAS Indígena, entregou os uniformes, gratuitamente, para crianças e adolescentes do SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo da Aldeia Águas Belas, que fica localizada no distrito de Corumbau.
DSC_4480
De acordo com o secretário Jesseilton de Almeida a administração municipal trabalha de forma transparente, participativa e planejada. “Oferecendo aos alunos, além da economia no orçamento dos pais, o direito de todos serem tratados com igualdade dentro do mesmo ambiente”, enfatiza.
DSC_4484
O dia foi voltado para as crianças com brincadeiras, peça teatral, lembrancinhas, lanches e almoço. Participaram do evento o secretário Jesseilton de Almeida, caciques, lideranças e familias da aldeia.
EQUIPE DO CRAS ÍNDIGENA
 
NEILA – COORDENADORA
 
ELMA- ASSISTENTE SOCIAL
 
KALINE- ASSISTENTE SOCIAL
 
MAIANA – PSICÓLOGA
 
ANA CARAN- PEDAGOGA
 
ALINE – AUXILIAR ADMINISTRATIVO
 
MARCIO – MOTORISTA
 
ARIELMA- EDUCADOR SOCIAL
 
DITA –ORIENTADOR SOCIAL
 
LINDINALVA – AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Quase 800 famílias de Prado são beneficiadas pelo Programa Luz Para Todos‏


Quase 8 milhões de reais. Esse é o valor do investimento utilizado para para tirar do escuro 754 famílias moradoras no município pradense, incluindo aldeias indígenas, assentamento de trabalhadores rurais, comunidades ribeirinhas, e de pequenos produtores rurais.
eletrificacao_rural_2
A ação é uma parceria entre a Prefeitura do Prado, o governo do estado da Bahia e o governo federal.
Parte das obras já foram realizadas; outras estão autorizadas em ordens de serviços para beneficiar, ao todo, 33 comunidades, espalhadas nos quatro cantos do território do município. Os recursos, totalizando R$ 7.222.913,39, fazem parte do Programa Luz Para Todos.
No último dia 05 de agosto foram concluídos os serviços de eletrificação rural da comunidade do Tororão. Os moradores de Santa Fé já festejam a chegada dos postes para incluir as residências desses moradores no mapa das localidades com residências ligadas à energia elétrica.
eletrificacao_rural
Ao ligar a tomada e ver acender a lâmpada, as famílias de pequenos produtores rurais não conseguem esconder a satisfação da mudança da qualidade de vida, com o benefício do programa que vem mudando a vida das pessoas no campo.
De acordo com a Prefeita do Prado, Mayra Brito, “apenas quem vivia no escuro e passa a contar com a luz elétrica em casa sabe o que representa esse investimento na vida deles”, afirma.
eletrificacao_rural_3
Segundo Wilsinho Brito, esse é o maior investimento do Programa Luz Para Todos dentre os municípios da região. “Isso tem muito com a nossa passagem pela Secretaria de Infraestrutura do estado da Bahia (SEINFRA/BA), onde tínhamos diálogo com a Superintendência de energia sobre as necessidades do povo da região extremo sul, sobretudo, do sofrimento enfrentado pelos pradenses”, conclui.

Prefeitura Realiza novas instalações elétricas a praça dos artesões de Prado


47ea53b4-e2ff-4aaa-b29a-f84ca44ed56c

Preparativos p o verão 2016 continuam em prado. Desta vez está sendo realizado a substituição das instalações eletricas subterranea da praça de artesanato. Juntamente c esta açao foram realizadas ações de qualificação.

04831cd6-038a-4586-9db7-92da34e9596f

Segundo a prefeita Mayra Brito, novos pradenses terão acesso a venda na feira de artessnato este ano, permindo q os trabalhos locois sejam valorizadas e estimiludos.

Palestra sobre lições de marketing em tempos de crise‏


Casa cheia para participar da palestra “Lições de Marketing e Vendas em tempos de crise”, ministrada pelo Professor Hermon Freitas.
DSC_0972
Os empresários e trabalhadores pradenses aprovaram as novas estratégias de administração, publicidade e divulgação de seus produtos e serviços. Em tempos de redes sociais, é preciso acompanhar as tendências do mercado e o dinamismo do cliente, hoje, um grande internauta.
DSC_0986
A palestra, com enfoque à necessidade repensar o negócio para enfrentar a atual crise econômica, aconteceu na última quarta-feira, dia 04, na Câmara Municipal de Vereadores. A iniciativa faz parte do projeto de empreendedorismo e capacitação, resultado da parceria entre o Sebrae, Prefeitura de Prado, Câmara de Turismo Costa das Baleias e Aprhope.
Ao longo de todo ano, várias palestras, cursos e workshops foram ministrados através da carreta do Senai – voltados ao turismo e à gastronomia, em prédios públicos e pousadas.
 DSC_0940
Na abertura do evento, pradenses envolvidos em projetos culturais, de danças e de artes marciais fizeram uma breve apresentação das atividades realizadas no Ponto de Cultura, instalado no bairro São Sebastião, mas que já atende mais de mil pessoas em todo o município.

Parceria entre Prefeitura do Prado e ICMBIO vai promover a abertura do Parque Nacional para visitação


Aumentar a oferta de opções turísticas no município pradense criando a visitação ecológica no Parque Nacional do Descobrimento (PARNA). Esse é o projeto arrojado proposto por uma parceria entre a Prefeitura do Prado e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela administração do Parna.
 DSC_1588
De acordo com Geraldo Machado Pereira, analista ambiental, “a ideia é abrir o parque para a visitação turística, criando um corredor ecológico na Reserva de Mata Atlântica, área com forte potencial para o ecoturismo”, destaca.
O Secretário de Turismo do Prado, Igor Lago, vê como uma grande oportunidade a abertura do Parna à visitação. “A diversidade histórica e cultural, aliada às muitas opções de praias, à sofisticada gastronomia e, agora, a abertura do parque é um momento ímpar para impulsionar o turismo local e regional, tornando cada vez mais o município do Prado como um dos mais importantes destinos turísticos no extremo sul do estado”, argumenta.
 DSC_1583
A proposta inicial é a abertura de trilhas, com até 30 quilômetros de extensão, para a passagem de grupos de turistas e ciclistas, parte inicial do plano de uso da unidade de conservação.
 DSC_1582
Saiba Mais – o parque foi criado em 20 de abril de 1999, como parte das comemorações dos 500 anos do Brasil, numa proposta de preservar a mata atlântica do sul da Bahia.
 DSC_1561
O território do parque é de 21.213 hectares próximos ao rio Cahy. A área conta com clima úmido tropical e de floresta quente e úmida, preservando exemplares de pau-brasil, onça pintada e inúmeras espécies ameaçadas de extinção.

Mais de 1000 pradenses já são beneficiadas pelo Ponto de Cultura


Com mais de 1000 alunos inscritos, o Ponto de Cultura é um exemplo de investimento que dá resultado.
De acordo com o Secretário de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer, Igor Lago, o número exato de participantes é 1.087 alunos, divididos em várias categorias (veja tabela abaixo).
DSC_0913
Segundo O Professor de Dança, conhecido como ‘Superchoque’, “todos os dias mais pessoas procuram o Ponto de Cultura para se inscrever em alguma atividade”, disse.
“O que muitos viam como um desperdício se tornou um grande investimento”, afirmou a Prefeita de Prado, Mayra Brito.
12063644_911596128928819_6543280495967715734_n
Através do Ponto de Cultura – instalado no bairro São Sebastião – os defensores da cultura conseguiram provar que o investimento nesta área é tão importante quanto outros destinados à educação, saúde, segurança, por exemplo.
DSC_0916
A ideia inicial de socializar o público de moradores do bairro onde funciona o Ponto de Cultura se espalhou pelos quatro cantos do município. Dançando, praticando artes marciais e capoeira estão pradenses em toda parte.
Os eventos realizados em Prado não ficam completos se não acontecerem apresentações com parte do trabalho realizado no município. Antes da apresentação do palestrante Hermon
Freitas, com o plenário da Câmara de Vereadores lotado, os empresários do segmento turístico ficaram encantados com o trabalho da cultura.

Passeio ciclístico pelas ruas de Prado anuncia campanha do Novembro Azul‏


 

Com o intuito de chamar a atenção para os exames preventivos de câncer de próstata, a Prefeitura do Prado, por meio, da Secretaria de Saúde realizou o passeio ciclístico pelas principais avenidas do município, outras ações de conscientização voltadas para o público masculino segue até o final de novembro.

[huge_it_slider id=”3″]
O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum da doença entre os homens no país. No âmbito mundial, ele ocupa o sexto lugar, representando 10% dos casos de câncer. Por atingir mais os homens acima de 65 anos, é considerado um câncer mais comum na terceira idade.

Salvador: Programação cultural celebra a Consciência Negra‏


Com intuito de promover ações afirmativas no mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) promove shows, mostras, espetáculos de teatro, dança e palestras que enfatizam a importância da cultura de matriz africana na Bahia. Entre os destaques da programação, estão a programação mensal do Pelourinho, a abertura da exposição Gullah, Bahia, África, do linguista americano Lorenzo Turner e duas caminhadas sobre a temática que contam com apoio da SecultBA. A programação completa pode ser conferida no site da SecultBA (www.cultura.ba.gov.br).

 Cultura Negra - Crédito Rosilda Cruz

Em Salvador, as praças do Pelourinho promovem ações durante todo o mês. No total, serão 61 eventos realizados e apoiados pela SecultBA com destaque para a Consciência Viva, uma programação especial entre os dias 17 e 21 voltada à celebração da cultura negra no Pelourinho. No dia 07, o Largo Tereza Batista recebe o Circuito da Rima Improvisada, às 19h. O evento promove uma batalha entre MC’s de diferentes bairros da cidade. No dia 08, o bloco afro Olodum se apresenta no mesmo largo, às 14h. A edição traz uma homenagem aos heróis da Revolta dos Búzios e celebra os 28 anos do primeiro disco de samba reggae do mundo, o Egito Madagascar, lançado pelo grupo em 1987. No dia 09, às 19h, o Largo Pedro Arcanjo recebe o show Mulheres Negras: Olhando adiante, Marchando em Frente. O evento terá shows do Ilê Aiyê, Didá e Cortejo Afro, além da participação especial de Juliana Ribeiro e Meire Reis.

No dia 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra, serão realizadas duas caminhadas com apoio da SecultBA: a XXXVI Marcha Zumbi dos Palmares, uma realização da Coordenação Nacional de Entidades Negras, às 15h, com saída do Campo Grande com destino à Praça Municipal; e a 15ª Caminhada da Liberdade, realizada pelo Fórum de Entidades Negras da Bahia, que contará com trio elétrico saindo da Lapinha com destino à Baixa  dos Sapateiros e microtrio saindo do Curuzu com destino à Lapinha.

Ainda em Salvador, o Cine Teatro Solar Boa Vista, espaço cultural administrado pela SecultBA, reúne uma programação que contempla diversas atividades em multi linguagens tais como o espetáculo Alice no País da Diversidade nos dias 10 e 11, às 15h; projeto Muda Engenho, no dia 14, às 18h; a mostra Artes do Engenho – Consciência Negra entre os dias 17 e 22; as apresentações musicais Afoxé é Cultura, no dia 27, às 14h e Concerto da Consciência Negra – NEOJIBA, da Orquestra Infanto-Juvenil do Sesi, uma das orquestras do Programa Neojiba, no dia 28, a partir das 16h; e o Encontro Vício Cacheado no dia 29, às 9h.

Cultura negra em destaque nas bibliotecas públicasA Biblioteca Virtual Consuelo Pondé realizará, neste mês, duas programações especiais: a exposição Gullah, Bahia, África, do linguista americano Lorenzo Turner, que estará aberta a visitação pública de 24 de novembro de 2015 a 31 de janeiro de 2016. A exposição reúne informações sobre a pesquisa que Turner realizou na Bahia e na Carolina do Sul (Estados Unidos), exibindo fotografias e áudios de gravações dos terreiros de candomblé da Bahia registradas no século passado pelo linguista. Um dia antes, em 23 de novembro de 2015, às 14h, a biblioteca também realizará uma homenagem aos 10 anos da inscrição do ofício das baianas de acarajé no Livro dos Saberes, do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), reconhecendo o ofício como patrimônio cultural brasileiro.

 Cultura Negra 2 - Crédito Rosilda Cruz

A Biblioteca infantil Monteiro Lobato, em Nazaré promoverá até o dia 30 de novembro o Jogo de Memória sobre o continente africano, além de oficina de máscaras africanas, teatro e bate papo com ativistas que militam em prol da igualdade racial.

As Bibliotecas Públicas em Salvador – Barris (Biblioteca Pública do Estado), Nazaré (Biblioteca Infantil Monteiro Lobato), Costa Azul (Biblioteca Pública Thales de Azevedo), Rio Vermelho (Biblioteca Juracy Magalhães Jr.) e Pelourinho (Biblioteca Anísio Teixeira) – além da de Itaparica (Biblioteca Juracy Magalhães Jr.), terão atividades abertas à participação pública, como exibição de filmes temáticos, exposições e oficinas, além de diversas contações.

Programação nos museus apresentam história africanaO Centro Cultural Solar do Ferrão, localizado no Pelourinho, continua recebendo a exposição África até o dia 15, que conta com fotografias de regiões urbanas e rurais da Libéria e da Guiné, capturadas pelo arquiteto pernambucano Cássio Nogueira. Através das imagens, o público tem a chance de aprender sobre o cotidiano de pequenos vilarejos e capitais, famílias, trabalho, lazer, arte, tradições, comércio, e uma série de recortes sobre a vida e a realidade dos locais capturados pelo fotógrafo.

O Museu de Arte da Bahia, localizado no Corredor da Vitória, em Salvador recebe a exposição Faces de 06 a 30, das 14h às 19h. A mostra do fotógrafo baiano Alvaro Villela retrata a interpretação do artista aos quilombolas nas comunidades da Barra e do Bananal, que existem desde o século XVII às margens do rio Brumado, na Chapada Diamantina.  A entrada é franca.

Programação no interior do estado – O Centro de Cultural de Alagoinhas receberá o projeto Pretos Porque Sim, que expõe fotografias da população negra do início do século XX até a atualidade, seguidos do desfile de indumentárias afro, mostra de dança e bate-papo com lideranças do movimento do município. O espaço também vira palco para os debates do Encontro Cultural Afro Brasileiro, que tem como objetivo preservar e valorizar a cultura negra de Alagoinhas e região com apresentações culturais e rodas de diálogo para o fortalecimento de políticas culturais para o segmento. Dando continuidade às atividades, o espetáculo Exu, a Boca do Universo, realizado pelo Núcleo Afro-brasileiro de Teatro de Alagoinhas, volta a se apresentar em sua cidade natal. A apresentação, que acontecerá no dia 25, às 20h, dará abertura à primeira edição da Semana NATA de Atividades, que contará com oficinas teatro, apresentação de espetáculos e bate papo com toda equipe após a apresentação. A entrada é franca.

 Expo Africa_Capoeiristas_m

O Centro de Cultura de Guanambi recebe também o espetáculo Pretas Por Ter. O texto de Alberto Damit foi construído a partir de pesquisas sobre o comportamento preconceituoso do negro para com o próprio negro. A narrativa faz uso da comédia como veículo de reflexão. As entradas custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

No Centro de Cultura de Porto Seguro, o instituto Sociocultural Brasil Chama África, organiza a oitava edição do Desfile a Mais Bela Chama da África no dia 19, às 19h. A ação tem como objetivo elevar auto-estima dos Jovens negros do município. A entrada é franca.  Após o desfile, o projeto Kizomba- resistência de um povo, em parceria com o Movimento Negro de Porto Seguro promove dança, música, gastronomia, capoeira, oficinas de turbantes e tranças. A entrada também é franca.

O Teatro Dona Canô, localizado no município de Santo Amaro, virará espaço de debate e reflexão no II Encontro das Crespas & Cacheadas de Santinho. O evento que acontece no dia 29, às 8h, tem como objetivo promover a valorização da mulher negra através de ações como palestra sobre estética negra, debate sobre o papel da mulher negra na sociedade, oficinas de turbante, fitagem e tranças etc. A entrada é gratuita.

Novembro Negro – O mês de novembro traz a reflexão sobre a importância da cultura e da história do negro no Brasil. O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro, data escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. A data foi criada em 2003 e instituída em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. Também por meio desta lei, se tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira em todas as escolas do país, onde os alunos estudam a história da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional.

 

Prefeitura de Prado vai construir ponte para garantir acesso de turistas no verão


Uma ponte provisória será construída para permitir o tráfego de pessoas e de veículos pela estrada de acesso à Cumuruxatiba. A decisão foi tomada após uma reunião entre empresários, representantes da Prefeitura do Prado, do ICMBIO e moradores da vila de pescadores, um dos destinos turísticos mais visitados no município pradense.
DSC_0920
A ponte principal deve ficar pronta apenas nos próximos 180 dias (seis meses). Até lá, com a proximidades do verão, a Prefeitura do Prado irá construir uma ponte provisória, erguida com madeira de florestas de eucalipto, ao lado da ponte principal. O entorno da obra será aterrado para garantir a construção dessa ponte.
“O prazo para conseguirmos construir essa ponte provisória é de no máximo dez dias”, garantiu o Secretário de Obras, Marcos Mafra.
A Secretária de Meio Ambiente, Benedita de Jesus, informou que a ação de impacto ambiental será minimizado com o plantio de mudas de árvores nativa no entorno de toda a obra. Sem nenhum embargo ou pendência ambiental, as obras começam na próxima segunda-feira, dia 09.

Ponte da Japara Grande começa a ser construída na próxima segunda-feira dia 09/11‏


As obras de construção da ponte sobre o Rio da Japara Grande começam na próxima segunda-feira, dia 09 de novembro. De acordo com o engenheiro civil da Construtora Silva Araújo (CSA), Otávio Henrique, os serviços tem previsão de 180 dias (seis meses) para ficarem prontos.
DSC_0903
Segundo o Chefe da Resex Corumbau, Ronaldo Oliveira, não há quaisquer impedimentos ambientais para a construção da ponte. Essa também é a informação apresentada pela Secretária de Meio Ambiente de Prado, Benedita de Jesus.
O vereador no município pradense e morador de Cumuruxatiba, Tadeu Monteiro, falou da satisfação em ver o início dos serviços. “Essa obra é um antigo sonho do povo de Cumuruxatiba que, então, está se tornando realidade na gestão da Prefeita Mayra Brito”, destaca.
DSC_0033
Para o Presidente da Associação Pradense de Restaurantes, Hotéis, Operadoras, Pousadas e Estabelecimentos Comerciais (APRHOPE), Wander Noronha, “a obra vai ajudar a garantir maior conforto e comodidade ao visitante do município e, sobretudo, de Cumuruxatiba”, disse.
“A ponte de concreto vai custar aos cofres públicos cerca de R$ 2 milhões de reais para construir uma obra moderna e eficiente, capaz de resistir ao tempo e às influências da natureza por muitas décadas”, informou o engenheiro civil.
A Prefeita de Prado, Mayra Brito, informou que “os recursos foram autorizados pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (SEINFRA/BA), atendendo à demanda apresentada pelos pradenses, através da Prefeitura do Prado”, afirmou.