Vídeo: Mayra Brito (PP) é empossada para o segundo mandato à frente da Prefeitura de Prado


A prefeita reeleita Mayra Brito (PP), foi empossada na tarde deste domingo (1) para o segundo mandato a frente da Prefeitura de Prado. Além dela, também tomaram posse Maurício Xavier, o “Lindão” (PT), que assume o cargo pela primeira vez de vice-prefeito e 11 vereadores eleitos em 2016.  A solenidade ocorreu na Câmara Municipal de Prado.

dsc_6219

No discurso de posse, a prefeita afirmou que entre as prioridades para os próximos quatro anos está a intenção de fazer a população cuidar ainda mais da cidade.

dsc_6281

“Temos várias prioridades, como captar recursos e investir na saúde, mas uma em especial, é conclamar a população a cuidar da nossa grande casa, que é a nossa cidade. Governar e cuidar de Prado não pode ser obra de apenas um mulher ou um homem, de uma prefeita ou de um mandato, mas de um coletivo. Envolver todo mundo nessa relação de pertencimento a essa grande casa”, afirmou.

Em entrevista ao Prado Notícia, Mayra Brito prometeu mudanças. Ela falou sobre as obras que ainda precisam ser feitas no município.

Na ocasião, foi realizada a eleição da mesa diretora da Casa Legislativa para o primeiro biênio (2017/2018), tendo duas chapas disputado a presidência, uma representada pelo vereador Diógenes Ferreira Loures, o ‘Jorginho’e a outra por Brenio Pires; por  6 votos a 5, a chapa de Jorginho foi a vencedora e ficou assim, Jorginho (presidente), Dr. Anderson (vice-presidente), 1º Secretário, Robério Barros e 2º Secretário, Professor José Nilton.

dsc_6425

 Por: Prado Noticia

Prefeitura de Prado é alvo de vandalismo após protesto


9e4f1647-86e1-4d34-87a2-2e69c0774f2e

Após o protesto realizado na manhã deste domingo, dia 09 de outubro, pelo grupo de oposição, a Prefeitura Municipal de Prado foi alvo de vandalismo. Janelas e portas de vidro foram completamente destruídas.

De acordo com algumas testemunhas que presenciaram o fato, os atos de vandalismo formaram uma cena lamentável, pois segundo os organizadores a manifestação no geral fera pautada pela expressão democrática.

d6214e19-d7bc-4570-bf5a-5f73079a0c7f

Ainda segundo informações os manifestantes exigiam o uma nova eleição e o direito de sufrágio à liderança da Federação Indígena das Nações Pataxó e Tupinambá do Extremo Sul da Bahia (FINPAT) e da Coordenação Indígena do Território Cahy / Pequi / Cumuruxatiba. Eles alegam que foram impedidos de votar, no último dia 02 de outubro, já que no mesmo dia das eleições municipais, várias cidades da Bahia sofreram com as fortes chuvas.

9147238a-e78c-4887-90a9-25cd1085b62b

Na última quarta-feira (05), após uma reunião com os índios, o Juiz eleitoral, Leonardo Coelho, garantiu que a abstenção que chegou a 5.621 eleitores, ou seja, 26,43% do eleitorado essa porcentagem é normal, e desta vez foi ainda menor, e que não existe a possibilidade de ter uma nova eleição fora dos quadros que as leis autorizam.

4cba78be-e29c-4cee-a92b-87a67830e52c

“Não existe possibilidade em nosso direito de invalidar uma disputa eleitoral ou realizar um segundo turno, em razão do eleitor não ter conseguido votar por razões de força maior, ou seja, ele poderia estar doente, incapaz, depois não tem como colher o voto”, disse o Juiz eleitoral.

De acordo com a polícia militar da cidade de Prado, o vândalo, foi detido e conduzido para Delegacia da Teixeira de Freitas.

Por: Prado Notícia

VIDEO:Governador da Bahia “Rui Costa” Confirma Presença no Comício da Vitória de Mayra Brito na próxima Sexta Dia 23.


O governador da Bahia Rui Costa gravou um vídeo confirmando a sua presença no Comício da candidata Mayra Brito (PP) e Lindão (PT) que será realizado na próxima sexta dia 23/09 no centro da cidade.

ágina de Lula no Facebook: internautas ironizam ex-presidente


 

Internautas estão recorrendo à página oficial do ex-presidente Lula na internet para defender sua prisão. O ex-presidente divulgou uma mensagem hoje antes de a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba apresentar a denúncia contra ele. “Jamais foi proprietário dele ou sequer dormiu uma noite no suposto apartamento que a Lava-Jato desesperadamente tenta atribuir ao ex-presidente”, diz a mensagem postada por Lula,  rebatendo as acusações de ele é dono de um tríplex no Guarujá.internautas-pedem-a-prisc3a3o-de-lula-em-sua-pc3a1gina-na-internet

Muitos internautas reagiram irritados. “Ainda existem brasileiros que acreditam nesse Lula e no PT? Acorda Brasil, deixem de ser enganados por esse partido que afundou o País”, reagiu um internauta. “Lula, fica tranquilo. Você é a alma mais honesta do Brasil. Kkk”, escreveu outro internauta.

Leia também: Lula é comandante máximo do petrolão, diz MP

Agora à noite, depois de tomar conhecimento da denúncia dos procuradores da Lava-Jato, Lula postou uma nova mensagem, ao lado de uma foto com sua esposa,  Marisa Letícia, que também foi acusada pela força-tarefa. “Lula e D. Marisa Letícia repudiam denúncia da Lava Jato. Denúncia do MPF é truque de ilusionismo; coletiva é um espetáculo deplorável”, diz o link que remete o internauta para a defesa dos advogados de Lula. O ex-presidente agendou um pronunciamento à imprensa para a tarde de quinta-feira.

Por . Veja

 

ELEIÇÃO EM MASCOTE PRATICAMENTE DEFINIDA


09555d2d-2119-4990-a72d-a6b5a3f2a23c
Ainda de acordo com informações , com um altíssimo grau de rejeição por ter sido vereador em três ocasiões e ocupado várias secretarias e não ter apresentado nenhum projeto ou desenvolvido uma única ação beneficiando a população daquele município nas ocasiões em que teve oportunidade para tal, acrescida primeira pela baixíssima popularidade que desfruta o seu padrinho político o prefeito Washington Santana, que segundo moradores, tem feito uma péssima administração, sendo considerada pela população a pior administração dos 54 anos de existência do município, chegando ao cúmulo pelo descaso como administra o município e trata o povo, de haver sido expulso pela população do distrito de São João do Paraíso em 7 setembros de 2014, somente retornando àquela localidade pouquíssimas vezes para participar de velórios ou de reuniões fechadas com seu grupo político, sempre acompanhado de seguranças temendo represália por parte do povo, em segundo lugar pela forma pouco republicana como o candidato Arnaldo Lopes (PRB) trata à população após os períodos eleitorais sempre dialogando com a mesma impondo um sistema administrativo do sim, sim, não, não, que para ele e seu marqueteiro político é uma virtude, porém para a população é um grande defeito, pois demonstra um autoritarismo demasiado, próprio dos ditadores, que impõem sua vontade pela força e intimidação.

Dia 7 de setembro a reportagem do ItapebiAcontece visitando o distrito de   São João do Paraiso, onde coincidentemente existiam dois movimentos políticos dos candidatos de oposição um do ex-prefeito Ferreira (PTB), por lá conhecido como velhinho do coração bom pela forma como trata aos mais carentes e outro da jovem empresária Juzênia da Construsilva (PROS), tivemos a oportunidade de ver e clicar imagens que demonstram a força das oposições naquele município, principalmente de Juzênia da Construsilva, que com uma grande multidão a ouvi-la proferiu no Bairro da Jaqueira um discurso emocionado prometendo mudanças na forma de administrar o município, apresentando propostas, para “tirar o município da estagnação e do atraso”, durante sua fala foi diversas vezes interrompida pelos aplausos da multidão que a ouvia, tendo em seguida promovido um grande arrastão pelas ruas daquele distrito, sendo aplaudida por populares que aguardavam nas portas de suas casas, pela passagem do arrastão e gritavam palavras de ordem, “Pedindo Mudança Já!”

50078d3d-3708-42d3-a7c9-fae1f71054b4

Juiz do DF suspende posse de Lula como ministro; governo vai recorrer


Neto concedeu liminar há pouco em despacho que suspende a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. A decisão acolhe denúncia em ação popular protocolada na vara federal do Distrito Federal contra o governo federal.

No despacho, o juiz Catta Preta informa que a criação do cargo de ministro-chefe de Gabinete Civil é uma irregularidade por parte da presidente Dilma Rousseff. Ele entendeu que há indícios de cometimento de crime de responsabilidade na nomeação de Lula na medida em que ela teria o objetivo de garantir foro privilegiado ao ex-presidente que é investigado pela Operação Lava Jato e pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo).

despacho-do-juiz-federal-itagiba-catta-preta-neto-que-concedeu-liminar-que-suspende-a-nomeacao-de-luiz-inacio-lula-da-silva-como-ministro-chefe-da-casa-civil-1458227169420_300x420
Despacho do juiz federal Itagiba Catta Preta Neto que concedeu liminar que suspende a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil.

Ele diz que “caso já tenha ocorrido a posse, suspendo seus efeitos até o julgamento final desta ação”.

No documento, Catta Preta argumenta que a nomeação de Lula por Dilma “implica na intervenção direta” do Executivo nas atividades do Poder Judiciário e alega que isso configura crime de responsabilidade.

Ele pede que os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), têm, agora, que tomar “as providências inerentes aos respectivos cargos”. Pela Constituição, crime de responsabilidade pode levar ao impeachment de um presidente.

Em entrevista à BandNews, o juiz afirmou que foi às manifestações de domingo (13) contra o governo, como “cidadão”, e que isso não interferiu em sua decisão. Sobre uma postagem na rede social dizendo que Lula ser ministro seria “esculhambação”, ele diz que foi uma “brincadeira”. “Todo juiz decide de acordo com o que está no processo e na Constituição Brasileira. Ainda que eu tivesse feito uma previsão, não poderia decidir com base nisso.”

A Advocacia-Geral da União já recorreu da decisão.

“Vamos derrubar essa liminar. Esperávamos por isso. Esperávamos uma batalha longa para garantir que o presidente Lula possa governar junto com a presidente Dilma, como ministro. Essas reações eram mais do que esperadas e só confirmam o acerto dessa nossa posição. Essa reação irada, raivosa, mostram o quanto nossos adversários foram pegos de surpresa”, disse ex-ministro Gilberto Carvalho.

O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) defendeu que Lula deva continuar no cargo. Segundo ele, “não são juízes de primeira instância que escolhem ministros no país”.

Em vídeo, Lula aparece xingando operação Lava Jato: ‘enfiem no c…’


Um vídeo gravado pala deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, levado para prestar depoimento na última sexta-feira na 24ª fase da operação Lava Jato, pode ter sido um tiro no pé. Durante a gravação, é possível ouvir o ex-presidente xingando ao telefone.

“Eles que enfiem no c… todo este processo”, disse Lula. O vídeo foi gravado na sexta-feira, momentos depois de Lula ter feito um pronunciamento no sobre a condução coercitiva a qual foi submetido. De acordo com a deputada, Lula estaria conversando com a presidente Dilma.

Após perceber a gafe, Jandira a pagou o vídeo do seu perfil no Facebook. Neste sábado (5), a presidente Dilma Rousseff chegou a São Bernardo do Campo e se reuniu com Lula e sua esposa, a ex-primeira dama Marisa. Lula chegou a tirar fotos e abraçar militantes que fazem vigília na porta da sua casa.

Cunha entra com novo recurso para anular processo no Conselho de Ética


O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresentou novo recurso (REC 114/16) para tentar estancar o processo de investigação no Conselho de Ética. O documento será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, que será responsável por analisar o pedido do peemedebista. Desta vez, Cunha elencou nove motivos para pedir que o processo seja imediatamente interrompido.

No recurso, Cunha destaca o sorteio do novo relator do processo que, em dezembro do ano passado, passou a ser o deputado Marcos Rogérios (PDT-RO). O peemedebista afirma que o sorteio foi feito fora da Ordem do Dia dos trabalhos do colegiado. “Ocorreu um procedimento obscuro, insindicável, sem o mínimo de transparência e que importou grave prejuízo ao representado”, afirmou.

Entre outros pontos, o peemedebista justifica as razões para que o processo seja anulado, apontando que não teve direito a apresentar defesa prévia, que não foram apresentadas provas que justificassem a representação e que algumas peças apresentadas durante a apreciação do relatório vencedor pela continuidade das investigações não foram consideradas. Cunha cita os votos em separado de aliados como os deputados Wellington Roberto (PR-PB) e Erivelton Santana (PSC-BA).