Corpo de menino morto fica 2 horas no local e causa revolta; motorista é ouvido


Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem esteve no local onde o adolescente Lucas Souza Conceição, de 15 anos, morreu após pegar uma “ponga”, cair e ser atropelado por uma carreta que transportava bois, com o cavalinho de placa policial MTT 0601, licenciada em Colatina/ES, e as carrocerias modelo julieta de placa policial OZH 4561. O jovem Lucas seguia em uma bicicleta sentido ao condomínio Santos Guimarães, e começou a pegar ponga na carreta, que seguia para o frigorífico Frisa, transportando bovinos para o abate.

Segundo testemunhas, a carreta reduziu para passar por um quebra-molas e, logo após, seguiu viagem, momento em que o corpo do jovem foi visto por populares. O motorista seguiu em velocidade normal, pois, se trata de uma subida. As testemunhas foram socorrer a vítima, mas, o menor já estava sem sinais vitais. O motorista só soube da morte do jovem após uma das testemunhas chegar no frigorífico e relatar o óbito. O motorista entrou em pânico, e quis ir ao local, mas, foi contido por colegas.

A Polícia Militar esteve no local e, após registrar o fato, esteve no frigorífico, e orientou o motorista a seguir para a Delegacia. O fato triste foi a demora para a remoção do corpo do jovem, que demorou exatas 02 horas, e deixou indignados os militares, a família e amigos, que estavam no local. Pessoas que acompanharam o triste acidente, se juntaram no momento de dor e revolta e fecharam a rua, pedindo a remoção imediata do corpo.

Nossa equipe registrou a chegada da equipe do IML, onde teve uma série de vaias e buzinaço, em forma de protesto. Outro ponto alvo de reclamações, foi a não realização da perícia e levantamento cadavérico. O corpo então foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, e será necropsiado na próxima quinta-feira. Nossa equipe esteve na delegacia, e o motorista, ainda em choque, nos contou o que se lembrava do caso. Ele relatou que chegou a ver crianças nas imediações, mas, seguiu normalmente a viagem.

“Eu só soube do fato após descarregar a carreta no Frisa e ser avisado por um colega de trabalho”. O mesmo disse que estava em choque, e lágrimas caiam a todo o tempo dos seus olhos. A carreta foi periciada, e o delegado Maderson Souza Dias liberou o veículo após trabalhos do Departamento de Polícia Técnica. O corpo do adolescente será necropsiado na manhã desta quarta-feira (27), sendo liberado aos familiares na sequência.

Por: Rafael Vedra/LiberdadeNews