Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte participa de Oficina de Atualização do Mapa do Turismo Brasileiro em Salvador


Divaldo e gestores do Turismo da Costa das Baleias

 

À convite do Secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, o Secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Prado, Wander Noronha, participou na última quinta-feira, da Oficina de Atualização do Mapa do Turismo Brasileiro realizada pela Secretaria de Turismo do Estado, em Salvador.

 

Divaldo Gonçalves e Wander Noronha

 

Wander Noronha é também Coordenador da Câmara Técnica de Turismo da Costa das Baleias, e  responsável em orientar e acompanhar esta atualização dos municípios da Costa das Baleias junto ao Programa Regional do Turismo – PRT e ao Órgão Estadual.

 

Divaldo Gonçalves

 

 

A oficina foi ministrada por Divaldo Gonçalves, Diretor de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos e teve a participação do Superintendente de Serviços Turísticos, Jorge Ávila  e Juliana Maia, responsável pelo CADASTUR na Bahia e contou com a presença dos demais secretários dos municípios da Costa das Baleias, Costa do Cacau e Costa do Descobrimento.

 

Jorge Ávila e secretários das Costas do Cacau, Baleias e Descobrimento

 

A Secretaria de Turismo do Estado, em alinhamento com a Política Nacional do Turismo, vem dar continuidade à implementação do Programa de Regionalização do Turismo, iniciando o processo de atualização e inserção de novos municípios no Mapa do Turismo Brasileiro, instituído pela Portaria MTur nº 313, de 3 de Dezembro de 2013.
O Mapa baseia a criação de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério do Turismo, com foco no desenvolvimento regional do setor.
Para integrar o Mapa do Turismo Brasileiro 2019, o MTur estabeleceu alguns critérios obrigatórios:
• O município deve ter um órgão de turismo em atividade, no caso de Prado, a Secretaria de Turismo;
• O Conselho Municipal de Turismo (COMTUR);
• Dotação orçamentária destinada ao Turismo;

 

 

Estes primeiros critérios foram atendidos no ano passado pela gestão anterior da pasta, mas devem comprovar continuidade.
O próximo passo, é que os municípios deverão possuir prestadores de serviços turísticos de cadastro obrigatório registrados no CADASTUR.
CADASTUR é o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo. O cadastro garante diversas vantagens e oportunidades aos seus cadastrados e é também uma importante fonte de consulta para o turista. É totalmente gratuito e tem validade de 2 anos para Pessoas Jurídicas e 5 anos para Pessoa Física.
O programa é executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os órgãos oficias de turismo, nos 26 estados e no Distrito Federal.
Por: SETUR/Prado-BA
Fonte: www.cadastur.turismo.gov.br