Terceiro homicídio do dia: preso por tráfico é assassinado com 05 tiros no João Mendonça


Teixeira de Freitas: Leandro dos Santos Andrade, esse é o nome da 3ª vítima de homicídio desta “quarta-feira negra”, 06 de maio de 2015, em Teixeira de Freitas. Banalização da vida, falta de investimento em projetos sociais ou impunidade? Deficiência moral e ética dos poderes públicos, perda de valores humanos, insuficiência do Estado em prevenir e combater o crime ou tudo junto e misturado?

Vários são os questionamentos e poucas são as respostas. Cada dia que passa a criminalidade aumenta, e a população, acuada, não sabe mais o que fazer. O medo paira em nossa cidade. Sem sensacionalismo, sem exageros. Apenas hoje, em Teixeira de Freitas, foram três homicídios e uma tentativa, o que por muito pouco não se consumou. Leandro morreu aos 32 anos, quatro dias após sair da cadeia.

Ele havia sido preso em 09 de março deste ano, juntamente com outra mulher, em uma operação da CAEMA, a qual apreendeu mais de 17 quilos de “maconha” e algumas gramas de “crack”. Equipes da Polícia Civil do Departamento de Polícia, lideradas pela delegada plantonista, Rina Andrade, e pelo perito Manuel Garrido, efetuaram o levantamento cadavérico e os exames perinecroscópicos, respectivamente.

Leandro foi assassinado com 05 tiros, por volta das 22h30, na Rua Astrogildo Reis Santos, próximo à sua residência, no Bairro João Mendonça. Segundo o perito Garrido, foram 03 tiros na cabeça, 01 no braço direito e 01 na região abdominal. Dois projeteis calibre 38 foram coletados no local. O corpo de Leandro se encontra no IML de Teixeira de Freitas, onde será necropsiado, na manhã desta quinta-feira (07). O crime será investigado pela Polícia Civil, que deve ter como primeira linha de investigação, o tráfico de drogas.